close

Três oportunidades para você seguir o sonho de ser DJ – Parte 1

Por Jota Henriques

No século 21 as definições de DJ foram definitivamente atualizadas. Muita gente procura um curso de DJ apenas por hobby e diversão, mas a grande maioria pensa em investir e empreender para viver da arte da discotecagem.  Novas oportunidades de trabalho, distribuição e consumo de música, relacionamento com os fãs e acesso à tecnologias mudam constantemente o cenário. Conhecer as regras do jogo faz toda a diferença nas estratégias que você irá adotar para uma carreira de sucesso.

Nessa nova série de posts da DJ PRO iremos abordar três das categorias mais relevantes na discotecagem: os DJs Residentes, DJ Produtor e DJ de Performance.

DJ Residente

Para aqueles que buscam uma renda estável e uma profissão de sucesso sem ter que enfrentar longas viagens, a função de DJ residente é uma excelente opção. É possível ter uma carreira sólida tocando em um mesmo lugar de duas a cinco vezes por semana, mantendo um cotidiano profissional e divertido, sem interferir ou atrapalhar outras atividades.

Ferramentas e Habilidades desenvolvidas

O DJ residente precisa ser flexível e familiarizado com diversos equipamentos presentes no local de trabalho. Esse tipo de profissional muitas das vezes é também responsável por configurar corretamente os aparelhos de som e solucionar problemas, caso ocorram.
A capacidade de manusear mixers, CDJs, controladoras e demais aparelhos de música é fundamental, bem como ter uma ampla biblioteca musical para entreter o público de acordo com a proposta do club ou noite. Fazer uma correta leitura do que a pista quer ouvir e a hora certa de tocar as melhores músicas, é uma das importantes habilidades a ser dominada pelo profissional desse porte.

Rotina diária de um DJ Residente

Ser DJ residente em um club vai muito além de discotecar toda a semana. Envolve principalmente a promoção das próximas festas e noites. Os proprietários dos clubs esperam que os DJs atraiam pessoas, mesmo que no início seja apenas um grupo de amigos. Construa uma lista de e-mails e envie mensagens semanais informando sobre as suas apresentações. Faça postagens diárias em suas redes sociais para potencializar seus canais e aumentar sua base de fãs. É importante manter uma consistência que atraia o interesse e a confiança de seu público, por isso mantenha sua agenda e divulgação atualizadas.
No que diz respeito à discotecagem, prepare e cuide de sua seleção criteriosamente. DJs residentes podem discotecar de três a oito horas por noite e é fundamental que seu repertório seja amplo, diversificado e adequado à pista e horário determinados. A maioria das atividades diurnas estará focada em aprimorar sua base de fãs e bagagem musical.

Oportunidades de carreira

O DJ residente tem grandes chances de ser bem sucedido profissionalmente desde que trabalhe duro e diariamente na promoção, aperfeiçoamento e manutenção de sua carreira.
Criar rotinas que facilitem e aprimorem a execução das tarefas diárias é importante para ter mais produtividade e tempo para afiar as habilidades e expandir o ciclo de relacionamentos. Como dito no início, o DJ residente vai se deslocar pouco e geograficamente não terá muito alcance, mas é possível ter um estilo de vida divertido e criar uma base de fãs que sustente financeiramente sua carreira, sendo feliz fazendo o que ama.

São várias as formas de se aproveitar sua carreira de DJ. A DJ PRO é uma escola de DJs que irá prepará-lo para todas as situações que você poderá enfrentar em sua carreira. Confira nossos cursos!